Daniela Eduarda Alves foi encontrada morta na segunda-feira (14) em Fazenda Rio Grande, na Região de Curitiba. Daniela foi morta a facadas em Fazenda Rio Grande, na Região de Curitiba Reprodução/Facebook
A irmã de Daniela Eduarda Alves, que foi encontrada morta na segunda-feira (14), Bruna Alves Rodrigues Haberl, disse em depoimento à Polícia Civil que Daniela já tinha sido ameaçada de morte pelo ex-marido Emerson Bezerra da Silva, que é suspeito do crime. O ex-marido teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. O caso ocorreu em Fazenda Rio Grande, na Região de Curitiba, é tratado pela polícia como feminicídio. Emerson está preso na delegacia da cidade. Bruna contou que a irmã chegou a mostrar uma gravação pra ela em que o ex-marido a ameaça. Daniela também teria dito à ela que os dois brigavam constantemente. Familiares também relataram que a jovem, que tinha 24 anos, queria se separar, mas o suspeito não aceitava. A mãe de Daniela também confirmou que o casal discutia muito, mas não a ponto de se agredirem. Ela disse que Emerson era uma pessoa muito ciumenta, que havia até proibido a esposa de visitá-la. ‘Tirou um pedaço de mim’, diz mãe sobre a morte de filha no Paraná; ex-marido da jovem está preso suspeito do crime
A delegada Gislaine Ortega Pineda, que investiga o caso, disse que Emerson confessou o crime e que relatou que os dois se desentenderam por causa de mensagens de celular da vítima. O inquérito, segundo ela, deve ser concluído na quarta-feira (23). Emerson fugiu para a casa da mãe após o crime Daniela e Emerson Bezerra da Silva estavam casados há três anos. Ela passou o último fim de semana na praia, com a mãe e a filha. A menina conheceu o mar nessa viagem.
Ao voltar para casa, Daniela e Emerson se desentenderam, segundo a polícia.
Conforme a delegada Gislaine, depois do crime, o suspeito foi para a casa da mãe na capital paranaense, no bairro Sítio Cercado.
A mãe de Emerson disse em depoimento à polícia que o filho chegou ensanguentado na casa dela e pediu que ela o levasse para o hospital, mas que ela se recusou e disse que chamaria a polícia. Ela disse ainda que relatou ao filho naquele momento que se ele tinha cometido algo errado, teria que pagar. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.

Fonte: G1

Comentários Facebook
https://i0.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2019/01/irma-de-mulher-assassinada-em-fazenda-rio-grande-diz-que-a-jovem-tinha-sido-ameacada-de-morte-pelo-ex-marido.jpg?fit=540%2C720https://i0.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2019/01/irma-de-mulher-assassinada-em-fazenda-rio-grande-diz-que-a-jovem-tinha-sido-ameacada-de-morte-pelo-ex-marido.jpg?resize=150%2C150Conexão CorbéliaOeste e SudoesteDaniela Eduarda Alves foi encontrada morta na segunda-feira (14) em Fazenda Rio Grande, na Região de Curitiba. Daniela foi morta a facadas em Fazenda Rio Grande, na Região de Curitiba Reprodução/Facebook A irmã de Daniela Eduarda Alves, que foi encontrada morta na segunda-feira (14), Bruna Alves Rodrigues Haberl,...Dicas, curiosidades, entretenimento, notícias e tudo sobre Corbélia e região