Pelé voltou a ser internado na última terça-feira (10), no Hospital Albert Einstein, para a retirada de um cálculo renal. A saúde do Rei nunca esteve tanto em evidência quanto nos últimos tempos dentro do noticiário esportivo. Vítima de um tumor que causou a retirada de um rim na década de 1970, o Rei convive com problemas no sistema urinário desde então. Relembre alguns dos principais problemas enfrentados pelo ex-jogador, de 78 anos:

Na Copa de 1962, a seleção brasileira perdeu Pelé já no segundo jogo da competição, contra a Tchecoslováquia, por causa de um estiramento muscular. Apesar do infortúnio que tirou o craque do resto do torneio, o time contou com Garrincha inspirado para a conquista da Taça Jules Rimet

Veja também: Hospitalizado em São Paulo, Pelé é condecorado com a máxima honraria da Conmebol

De quatro Mundiais disputados, Pelé perdeu apenas um: o de 1966, na Inglaterra. E foi justamente nesta edição em que o camisa 10 mais “apanhou” em campo. O time treinado por Vicente Feola venceu seu jogo de estreia, diante da Bulgária, por 2 a 0, mas, não pôde contar com o atacante, lesionado, para a partida seguinte, contra a Hungria. O Rei retornou contra Portugal, no terceiro compromisso, mas voltou a deixar o gramado machucado depois de sofrer uma entrada violenta

Apesar de “guardar” a informação em segredo até meados de 2014, o staff de Pelé confirmou que o ex-jogador não tem mais um dos rins desde a época em que atuava pelo Cosmos, nos Estados Unidos. A retirada do órgão teria acontecido em 1977, quando um tumor foi encontrado durante exames

Veja também: Filme exibe sensações provocadas por gols a partir da história do Santos

O ídolo santista passou por procedimentos cirúrgicos em 2012 para a correção de falhas em seu quadril. Na última década, inclusive, Pelé fez diversas aparições públicas com o auxílio de uma cadeira de rodas. 

Como decorrência da retirada dos rins nos anos 70, Pelé sofre com frequentes problemas em seu sistema urinário. E este foi o motivo de uma internação de duas semanas em São Paulo, em 2014 

Veja também: Infantino diz que convencerá Europa a aderir a novo Mundial de clubes

Em 2015, o craque precisou ser internado mais uma vez no Hospital Albert Einstein por conta de um problema na próstata que causava a retenção da urina. Na oportunidade, foi realizado um procedimento cirúrgico a fim de evitar um novo quadro de infecção urinária

Convivendo com dores desde a cirurgia no quadril em 2012, Pelé viajou, quatro anos depois, a Nova York para consertar possíveis falhas do primeiro procedimento. À imprensa, o ex-jogador brincou ao final da operação: “Posso até jogar a Olimpíada, como um dos jogadores com mais de 23 anos”

Veja também: Mundial, Libertadores, Copa América: o que muda no futebol

O craque apareceu no sorteio da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, em uma cadeira de rodas ao lado das principais personalidades do esporte e da política local

Em mais um episódio que deixou evidente sua dificuldade de locomoção, Pelé compareceu à inauguração do Campeonato Carioca de 2018 apoiado em um andador. Dias depois, em Londres, desmaiou por exaustão e teve sua participação cancelada em um evento com jornalistas ingleses

Veja também: CBF apresenta novo símbolo, que só estampa camisa da Seleção em 2020

O caso mais recente aconteceu neste mês de abril, após a visita de Pelé a Paris para se encontrar com o astro Mbappé, do Paris Saint-Germain. Ele passou por mais um quadro de infecção urinária e teve que ser submetido a uma cirurgia para uma desobstrução de uréter. De volta ao Brasil nesta terça-feira (10), foi internado para a retirada de um cálculo renal

* Estagiários do R7, sob supervisão de Eugenio Goussinsky


Fonte: R7

Comentários Facebook
https://i1.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2019/04/internado-de-novo-em-sp-pele-convive-com-problemas-de-saude.jpg?fit=657%2C440https://i1.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2019/04/internado-de-novo-em-sp-pele-convive-com-problemas-de-saude.jpg?resize=150%2C150Notícias FutebolFutebolPelé voltou a ser internado na última terça-feira (10), no Hospital Albert Einstein, para a retirada de um cálculo renal. A saúde do Rei nunca esteve tanto em evidência quanto nos últimos tempos dentro do noticiário esportivo. Vítima de um tumor que causou a retirada de um rim na...Dicas, curiosidades, entretenimento, notícias e tudo sobre Corbélia e região