Todas as Unidades de Saúde do município, estarão efetuando a vacinação.

 

Terá início na próxima segunda-feira (10) a campanha nacional de vacinação, contra o HPV (Papiloma vírus Humano), promovida pelo Ministério da Saúde por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI).
As doses estarão disponíveis para adolescentes, do sexo feminino, com idade entre 11 e 13 anos, em todas as Unidades Básicas de Saúde de Corbélia.
A meta do Governo Federal é imunizar neste ano mais de 4 milhões de adolescentes em todo o país; no Paraná a intenção é vacinar ao menos 180 mil meninas.
Em Corbélia, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, serão mais de 400 adolescentes a serem vacinadas. De acordo com o Enfermeiro do Município e atual Diretor em saúde, Clewerton Damazio, a imunização ocorrerá de forma ampliada, em três doses, para garantir uma proteção completa.
“A segunda aplicação deve ser feita 6 meses depois da primeira, e a terceira 5 anos depois. Além disso, a partir do dia 10 de março esta vacina entra para o calendário oficial e permanente de vacinação, não devemos nos apavorar e superlotar as unidades de saúde, mais sim dar prioridade aquelas adolescentes que ainda não completarão 14 anos”, que correm o risco de ficar sem vacina, explica.
Segundo o Ministério de Saúde, a vacinação contra HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e, por isso, não tiveram nenhum contato com o vírus. Hoje, é utilizada como estratégia de saúde pública em 51 países, por meio de programas nacionais de imunização.
O HPV é transmitido pelo contato direto, com pele ou mucosas infectadas, por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto.
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) 290 milhões de mulheres no mundo são portadoras da doença. A vacina contra o HPV, que será distribuída pelo Sistema Único de Saúde (SUS), é a quadrivalente, que previne contra quatro tipos de HPV (6, 11, 16 e 18). Dois deles (16 e 18) respondem por 70% dos casos de câncer de colo de útero, responsável atualmente por 95% dos casos de câncer no País. Estimativas apontam que 270 mil mulheres, no mundo, morrem devido à doença.
Neste ano, o Instituto Nacional do Câncer estima o surgimento de 15 mil novos casos e cerca de 4.800 óbitos. O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam anualmente o exame preventivo Papanicolau.
A vacina não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais.
Fonte: Município de Corbélia
Viu algum erro? quer adicionar uma informação?  Colabore com o autor. Clique aqui e nos ajude a melhorar a matéria!
Comentários Facebook
https://i0.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2014/03/f_183527.jpg?fit=620%2C380https://i0.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2014/03/f_183527.jpg?resize=150%2C150Conexão CorbéliaOeste e SudoesteCorbélia,Feminino,Governo Federal,Masculino,Posto de Saúde,Secretária de Saúde,Vacina contra HPV,VacinaçãoTodas as Unidades de Saúde do município, estarão efetuando a vacinação.   Terá início na próxima segunda-feira (10) a campanha nacional de vacinação, contra o HPV (Papiloma vírus Humano), promovida pelo Ministério da Saúde por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI). As doses estarão disponíveis para adolescentes, do sexo feminino, com...Dicas, curiosidades, entretenimento, notícias e tudo sobre Corbélia e região