Juiz federal pediu atualização de endereço do primo do ex-governador Beto Richa no exterior; ele é réu por organização criminosa e corrupção passiva na Operação Integração. Luiz Abi Antoun era considerado foragido pelo Ministério Público Federal (MPF)
Reprodução GloboNews
A defesa de Luiz Abi Antoun, réu na Operação Integração, apresentou uma procuração e se deu por citada, na terça-feira (25), no processo que ele responde pelos crimes de organização criminosa e corrupção passiva. No fim de maio, o juiz substituto Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, havia solicitado ajuda da República Libanesa para localizar o primo do ex-governador Beto Richa – que também é réu.
A Operação Integração apura o pagamento de propina ao ex-governador e a outros agentes públicos, por empresas de pedágio no estado. Após a citação, o magistrado suspendeu o pedido de ajuda, mas pediu a atualização do endereço de Antoun no Líbano, onde está desde setembro de 2018. Ele era considerado foragido pelo Ministério Público Federal (MPF). O endereço do réu em Londrina, no norte do Paraná, estava desatualizado.
Anderson Mariano, advogado do réu, disse que o endereço atualizado no Líbano foi informado à Justiça na tarde desta quinta-feira (27). Sobre as acusações, ele afirmou que tem convicção de que será comprovada a inocência de Antoun.
Conforme o MPF, as investigações mostraram que Luiz Abi Antoun recebeu valores de propinas pagas por intermédio de doações oficiais, simulando a prestação de serviços ao Comitê de Campanha de Beto Richa, por meio de uma empresa da qual era sócio.
Durante a campanha eleitoral de 2014, conforme o MPF, uma empresa de Luiz Abi Antoun recebeu mais de R$ 640 mil para supostas prestações de serviços de locação de equipamentos que não existiram.
Sobre as acusações contra Beto Richa, a defesa do ex-governador já havia afirmado anteriormente que ele nunca cometeu irregularidades e que sempre esteve à disposição da Justiça para provar a inocência.
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Fonte: G1

https://i2.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2019/06/defesa-apresenta-procuracao-de-luiz-abi-antoun-e-juiz-cancela-pedido-de-ajuda-ao-libano.jpg?fit=1024%2C576&ssl=1https://i2.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2019/06/defesa-apresenta-procuracao-de-luiz-abi-antoun-e-juiz-cancela-pedido-de-ajuda-ao-libano.jpg?resize=150%2C150&ssl=1Conexão CorbéliaOeste e SudoesteJuiz federal pediu atualização de endereço do primo do ex-governador Beto Richa no exterior; ele é réu por organização criminosa e corrupção passiva na Operação Integração. Luiz Abi Antoun era considerado foragido pelo Ministério Público Federal (MPF) Reprodução GloboNews A defesa de Luiz Abi Antoun, réu na Operação Integração,...Dicas, curiosidades, entretenimento, notícias e tudo sobre Corbélia e região