Enquanto os Conselhos Profissionais são órgãos públicos, as Associações e Sindicatos são privados Com frequência os Conselhos, Sindicatos e Associações aparecem como fonte na imprensa, seja emitindo posicionamentos, articulando eventos ou divulgando dados sobre suas respectivas ações. Mas, você sabe o que cada um destes órgãos faz? A primeira diferença é jurídica. Os Conselhos Profissionais são órgãos públicos, criados por lei, com a função de defender as profissões regulamentadas, ou seja, que não são de livre exercício profissional. Já as Associações e Sindicatos são órgãos privados, sendo que o primeiro pertence aos próprios associados e age de acordo com o Estatuto elaborado pelos mesmos; e o segundo é uma entidade autorizada por lei para defender os interesses trabalhistas da sua base sindical. Em relação aos Conselhos, no Brasil existem aproximadamente 60 profissões regulamentadas e 31 sistemas profissionais. A maioria dos Conselhos existem para defender uma única profissão, sendo, o sistema Confea/Crea (Conselho Federal e Engenharia e Agronomia/ Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) um dos únicos que tem a característica de multiprofissões, agregando Engenharias, Agronomia e Geociências. “As profissões regulamentadas exigem diplomação e autorização do Estado (através dos Conselhos) para exercício profissional. Nesse sentido, os Conselhos têm duas funções principais: 1) autorizar, organizar e controlar o exercício das profissões, e 2) normatizar e fiscalizar as atividades profissionais. As fiscalizações existem para que um leigo (pessoa sem diplomação) não pratique atividades para as quais não tenha o devido e necessário conhecimento técnico e científico, e para que os profissionais legalmente habilitados exerçam a profissão respeitando os limites da conduta administrativa e ética”, explica o superintendente do Crea-PR, Celso Roberto Ritter. Celso Ritter é Engenheiro Agrônomo, formado pela UFPR (Universidade Federal do Paraná), especialista em Ciência e Tecnologia de Sementes e Administração de Empresas, e ocupa a função de Superintendente do Crea-PR há 19 anos, o que corresponde às últimas sete gestões.
Divulgação
O Confea/Crea é o segundo maior Conselho Profissional do país em número de profissionais, o primeiro é o Cofen (Conselho Federal de Enfermagem). Enquanto o Cofen congrega aproximadamente 1,8 milhão de profissionais, o Crea soma pouco mais de 1,3 milhão. Além disso, o Crea também ocupa a segunda colocação em relação às empresas cadastradas (pessoas jurídicas) no sistema, perdendo apenas para o Confere (Conselho Federal dos Representantes Comerciais). No Paraná, são mais de 87 mil profissionais integrados ao Crea-PR. Distribuídos em oito regionais – Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava, Pato Branco, Cascavel, Apucarana, Londrina e Maringá. Curitiba é a maior, com mais de 27 mil congregados, seguido de Maringá com quase 9 mil, e Cascavel com quase 8 mil. A modalidade com mais profissionais no Paraná é a Civil, com 33.950 inscritos no Crea-PR. A segunda é a Agronomia, com 22.584. A terceira é a Elétrica, com 13.656.
“Nos últimos anos, muitas universidades e faculdades abriram as portas no Brasil, além do advento dos cursos na modalidade à distância. O impacto disso é o aumento exponencial de profissionais formados anualmente. Por isso, é fundamental que o Governo Federal, através de seus Conselhos, mantenha a organização do exercício profissional, em benefício da própria sociedade”, avalia o presidente do Crea-PR, Ricardo Rocha de Oliveira.
Ricardo Rocha de Oliveira é Engenheiro Civil, formado na UEL (Universidade Estadual de Londrina), mestre em Engenharia e doutor em Engenharia Civil. Atualmente preside o Crea-PR (gestão 2018-2020).
Divulgação
Constituído há 85 anos, o Crea é o segundo Conselho mais antigo do Brasil, atrás apenas da OAB (Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil), fundada em 1930. Teste seus conhecimentos sobre Conselho Profissional, Sindicato e Associação
Teste seus conhecimentos sobre Conselho Profissional, Sindicato e Associação
Jornalista: Naiara Persegona – Crea – PR

Fonte: G1

https://i1.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2019/11/conselho-profissional-sindicato-e-associacao-qual-o-papel-deles.jpg?fit=960%2C720&ssl=1https://i1.wp.com/noticias.conexaocorbelia.com/cnx-crbx/uploads/2019/11/conselho-profissional-sindicato-e-associacao-qual-o-papel-deles.jpg?resize=150%2C150&ssl=1Conexão CorbéliaParanáEnquanto os Conselhos Profissionais são órgãos públicos, as Associações e Sindicatos são privados Com frequência os Conselhos, Sindicatos e Associações aparecem como fonte na imprensa, seja emitindo posicionamentos, articulando eventos ou divulgando dados sobre suas respectivas ações. Mas, você sabe o que cada um destes órgãos faz?...Dicas, curiosidades, entretenimento, notícias e tudo sobre Corbélia e região